• Bianca Ceratti Zardo

Biópsia de Linfonodo Sentinela - O QUE É?

A cirurgia de Linfonodo Sentinela tem como objetivo diagnosticar metástases regionais, sem o prejuízo de uma cirurgia maior na axila (linfadenectomia/esvaziamento axilar) e auxiliar no planejamento do tratamento após a cirurgia (quimioterapia e radioterapia). A biópsia de linfonodo sentinela permite a retirada de apenas um a três dos primeiros linfonodos que receberiam essa metástase.


Mas o que são? Os linfonodos são estruturas do sistema linfático que tem a função de filtrar substâncias nocivas ao nosso organismo. Em relação ao câncer de mama, o linfonodo sentinela se localiza , na imensa maioria das pacientes na axila, e é o responsável por receber primeiro a metástase, antes dos outros linfonodos da cadeia linfática.


Normalmente o procedimento é feito junto da cirurgia de retirada do câncer de mama invasor. A biópsia é guiada por uma injeção de corante azul na mama (azul patente) que os demarca , podendo também ser marcado duplamente para aumentar a taxa de detecção correta através também da injeção de um radioisótopo (tecnécio ). Após a retirada , geralmente examinamos no transoperatório com o patologista para planejar a necessidade de retirar mais linfonodos , se o sentinela estiver metastático.


A cirurgia é feita através de uma pequeno e discreto corte na axila , exige um jejum de 8 horas, é um procedimento pouco doloroso, sendo a anestesia geral a mais utilizada.

Alguns cuidados após a cirurgia auxiliam no melhor resultado, como:


- Manter o curativo limpo e seco

- Mobilização precoce

- Necessita de um repouso de 14 dias após o procedimento.💉

- Analisar e reportar quaisquer alterações ao seu médico


#mastologia#câncerdemama#linfonodo#sentinela#cirurgia


2 visualizações0 comentário